domingo, 2 de março de 2008

O Sobrevivente

Era uma vez um homem perfeito que conheceu uma mulher perfeita.
Namoraram e um dia casaram-se. Formavam um casal perfeito.

Numa noite de Natal, ia o casal perfeito, por uma estrada deserta, quando viram alguém na berma pedindo ajuda. Como eram pessoas perfeitas, pararam para ajudar.
Essa pessoa era nada mais, nada menos do que o Pai Natal, cujo trenó havia avariado.
Não querendo deixar milhões de crianças decepcionadas, o casal perfeito ofereceu-se para o ajudar a distribuir os presentes.
O bom velhinho entrou no carro e lá foram eles.
Infelizmente o carro envolveu-se num acidente e somente um dos três ocupantes sobreviveu.

Pergunta:
Quem foi o sobrevivente do trágico acidente?
A mulher perfeita, o homem perfeito ou o Pai Natal?

Resposta:
A mulher perfeita sobreviveu. Na verdade, ela era a única personagem real dessa história.
Todos sabemos que o Pai Natal e o homem perfeito não existem.

Se é mulher, pode fechar a mensagem, a piada acaba aqui.

Os homens podem continuar a ler mais abaixo


Agora, se o Pai Natal não existe, nem o homem perfeito, fica claro que quem conduzia era a mulher - o que explica o acidente.

E se é mulher e leu até aqui, fica provada mais uma teoria: as Mulheres são curiosas, metem o bedelho onde não são chamadas e são incapazes de seguir instruções...

inté

4 comentários:

dvd disse...

Começo a simpatizar com a Loira:

- Não há nada melhor do que uma mulher caladinha...

dvd disse...

A loira q me desculpe (de qq das formas a esta hora vai ficar a pensar – ufa que já me livrei deste!) mas n consigo resistir:

Adeus Loira.

Oláááá Morenaçaaaa!!!

E agora vou comentar o coiso, não vá o blogador ficar a pensar:

Fosca-se, eu aqui c tanto trabalhinho a fazer bonitos, p estes gajos virem p aqui brincar aos chats. (abraço meu velho e bom amigo)
Se bem q como já faz algum tempo q publicaste este, acho q vou esperar pelo próximo.

xo xo

Anónimo disse...

pois...até parecia caixa de endereço postal pessoal né?? Mas confesso, que quando uma amiga me falou no blogge e comecei a visitar divertia-me a valer com a clareza de espirito do blogger,e os comentários dos habituais visitantes, mas ultimamente e sem ofensa absolutamente nenhuma, (cada um sabe de si, digo eu)andava tudo um bocado quieto.
Xo Xo
Eu (a morenaça)

Loira disse...

dvd... sabes que o silencio é uma das melhores armas que podemos ter além de ser a mais inteligente ;)

Fico feliz por teres encontrado uma Morenaçaaaaa á altura ;)
(Sem ofensa claro)

Bjokas para ambos