domingo, 7 de setembro de 2008

Carpe diem quam minimum credula postero

Carpe Diem é uma frase em Latim de um poema de Horácio, mas isso já a maioria sabe.

É popularmente traduzida para “colha o dia ou aproveite o momento”, mas isso já muitos sabem.

É também utilizado como uma expressão para solicitar que se evite gastar o tempo com coisas inúteis ou como uma justificativa para o prazer imediato, sem medo do futuro como alguns sabem.

Há quem saiba que esta expressão pode ser encontrada em "Odes"do poeta romano Horácio (65 - 8 AC), onde se lê:
Carpe diem quam minimum credula postero
Tu ne quaesieris, scire nefas, quem mihi, quem tibi
finem di dederint, Leuconoe, nec Babylonios
temptaris numeros. ut melius, quidquid erit, pati.
seu pluris hiemes seu tribuit Iuppiter ultimam,
quae nunc oppositis debilitat pumicibus mare
Tyrrhenum: sapias, vina liques et spatio brevi
spem longam reseces. dum loquimur, fugerit invida
aetas: carpe diem quam minimum credula postero.

Alguns, pouquíssimos sabem que a tradução é:

Colha o dia, confie o mínimo no amanhã.
Não pergunte, saber é proibido, o fim que os deuses
darão a mim ou a si, Leuconoe, com os adivinhos da Babilónia
não brinque.
É melhor apenas lidar com o que cruza o seu caminho.
Se muitos Invernos Júpiter te dará ou se este é o último,
que agora bate nas rochas da praia com as ondas do mar.
Tirreno: seja sábio, beba o seu vinho e para o curto prazo
reveja as suas esperanças.
Mesmo enquanto falamos, o tempo ciumento está a fugir de nós.
Colha o dia, confie o mínimo no amanhã.

Em suma, o "espírito" da frase pode ser entendido como aproveitar as oportunidades que a vida lhe oferece no momento em que elas se apresentam ou ainda "aproveitar a vida e não ficar apenas pensando no futuro", como sabemos.

A maioria viu o filme "A Sociedade dos Poetas Mortos", onde o personagem de Robin Williams, Professor Keating , utiliza-a assim:
"Mas se escutarem bem perto, vocês podem ouvi-los sussurrar o seu legado.
Vão em frente, escutem, estão ouvindo? - Carpe - ouvem? - Carpe, carpe diem, colham o dia garotos, tornem extraordinárias as vossas vidas."

Sabiam que a banda Metallica, no seu lançamento de 1997, "Reload", apresentou uma música "Carpe Diem Baby", que encoraja o ouvinte a "espremer e chupar o dia"...? Chupem esta.

Também me disseram que a banda Dream Theater, no seu álbum Change of Seasons, presta uma homenagem à filosofia Carpe Diem com sua música e título do disco, de 23:06 minutos, incluindo na letra trechos de falas do filme Sociedade dos Poetas Mortos.

Ainda bem que poucos conhecem a banda japonesa Yellow Generation... que possui um CD chamado Carpe Diem, com uma música chamada "Carpe Diem / Ima, kono Shuukan wo ikiru. No começo do refrão, a frase usada é:
命短し恋せよ乙女 ou Inochi mijikashi, koiseyo otome. Cuja tradução todos sabem que é: Virgens, aproveitem mais o tempo, a vida é curta.

Também todos... conhecem uma banda francesa de rock progressivo de nome Carpe Diem.

Mas é no Brasil que existe um site Carpe Diem...
Onde se pode ler:

“Fortalecer a autodeterminação da pessoa com deficiência intelectual, para que esta possa influenciar a sociedade no compromisso com a diversidade.”

Ahhh... até que enfim me encontrei...


Carpe diem quam minimum credula postero

13 comentários:

vanyamarta disse...

E com isto desejo que aproveitem bem os dias, momentos e nao desperdiçem tempo!

Bamos biber a bida, carago!

Bjokas

Brito disse...

essa tradução ignora o sentido da conjunção "quam"

Orlando Pinheiro disse...

Brito, obrigado mas explica lá melhor a conjunção "quam" (que eu leio como 'quanto') p.f.
Obrigado

Jô... disse...

Orlando, estava no google procurando a tradução da frase: "Carpe diem quam minimum credula postero"
Então entrei no link do seu Blog, e simplesmente foi um post que chamou muito minha atenção...Adoro o filme Sociedade dos poetas mortos, e concordo plenamente com o último pensamento que você escreveu. Parabéns e Carpe diem sempre!
Abraço, Jô

Évely Melo disse...

Uma das melhores traduções que já vi, relatando todo tipo de conceito ...

Muito Bom ;)

Anónimo disse...

Adorei o seu texto, e as formas de tradução. Estava procurando uma frase que fizesse sentido pra mim tatuar e descobrir que essa é perfeita. Obrigada.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
JOÃO PAULO disse...

A tradução completa e correta seria:
"Carpe diem, quam minimum in credula postero" ("aproveite o momento, confiando o mínimo possível no futuro") (Horácio, Ode 1.11.8. apud BREGALDA, 2004, p. 40. nota de roda pé. "Tempvs em Sêneca: Abordagem de um conceito-chave". in. Revista PHAOS).

Espero ter colaborado.

Orlando Pinheiro disse...

Obrigado Paulo.

Anónimo disse...

hoje tenho 48 anos , posso dizer q vivi um pouco de Carpe diem quam minimum credula postero , vivi o momento , pensando o minimo no futuro , q afinal de contas ,a desisão de nossos futuro já está escrito por Deus cabe a nós admistrar da melhor forma , um abraço a todos e Deus abençoe .

Anónimo disse...

Escrevo uma passagem biblica , em proverbios q diz sobre futuro : O homem faz planos mas a resposta vem dos labios do Senhor Deus .

ju disse...

Gostaria de saber p correto para se escrever a frase completa, se tem que ser colocado (in) porque vou tatuar easa frase e gostaria de saber p correto?

Orlando Pinheiro disse...

Olá Ju. Penso que o certo será: "Carpe diem, quam minimum credula postero" ou pelo menos é assim que o mundo o traduz.